Cartão de crédito: 4 Formas de pedir cartão de crédito com baixas taxas

Possuir um cartão de crédito é uma ótima ferramenta de pagamento, tanto para realizar compras parceladas ou em momentos de aperto. O cartão está em grande destaque no mercado atual.

Até o meio do ano de 2018, as compras efetuadas com esses cartões movimentaram R$149 bilhões. Mas, mesmo sendo de grande ajuda, o usuário deve ficar atento a anuidade.

Além disso, cerca de 25% dos usuários acabam não conseguindo lidar com a ferramenta, entrando no rotativo e, consequentemente, pagando pelas grandes taxas, como os juros.

Por isso, antes de aceitar a primeira proposta ofertada pelo banco, o cliente deve buscar saber mais sobre as taxas e tarifas que são cobradas pelos cartões.

Apesar de ser muito popular, alguns brasileiros que possuem crédito em seu cartão acabam se complicando com taxas, principalmente em relação aos juros e anuidade.

4 formas de pedir cartão de crédito com baixas taxas

Uma das primeiras opções que os clientes possuem é buscar um cartão que não efetua a cobrança de anuidade. Atualmente, muitos cartões excluem essa cobrança para atrair novos usuários.

Com o surgimento da internet, novas empresas começaram a aparecer no mercado de crédito, como é o caso da fintechs. Essas instituições digitais trabalham, principalmente, com crédito.

Para atrair maior número de clientes, os bancos digitais trabalham com taxas menores do que os cartões dos bancos convencionais.

Além dessas empresas, algumas lojas também oferecem crédito aos clientes. Saraiva; C&A e até mesmo o posto de combustível Petrobras disponibilizam cartão de crédito.

Entretanto, caso o consumidor seja mais contido, ele também possui a opção de fazer a solicitação diretamente em seu banco.

Negociar taxas e tarifas do cartão de crédito no momento da contratação do plano faz com que o gerente entenda sua necessidade e busque oferecer o melhor produto, de acordo com o desejado.

Comentários desativados em Cartão de crédito: 4 Formas de pedir cartão de crédito com baixas taxas

Filed under Finanças

Comments are closed.