Category Archives: Dicas

Dicas para sexo anal sem dor

Sexo anal sem dor – isso é possível? A relação anal  é uma das fantasias sexuais de  muitos homens. As mulheres, por outro lado, muitas vezes não acham a ideia dessa prática sexual particularmente estimulante. Uma das razões mais comuns é o medo da dor. Mas você pode evitar isso se considerar algumas dicas.

Por que as mulheres associam sexo anal com dor?

A razão pela qual o sexo anal pode ser doloroso para as mulheres é porque a abertura do ânus é muito estreita e não tão facilmente esticável quanto a vagina. Além disso, a mucosa intestinal é muito sensível e pode rasgar facilmente.

Se a mulher ficar tensa, a dor aumenta. Com um pouco de prática, o ânus pode ser facilmente preparado para a relação anal – o esfíncter é basicamente flexível o suficiente para acomodar o pênis de forma totalmente indolor.

A confiança no seu parceiro é o ponto-chave e o fim de tudo

Um requisito importante para o sexo anal é que haja confiança entre você e seu parceiro. Porque não se trata apenas de a área ser sensível e vulnerável e, portanto, também associada à dor, é também sobre a área anal ser mais envergonhada do que a área íntima quando se trata de sexo.

Se acontecer algo que você não ache apetitoso, você não deve se sentir envergonhado na frente de seu parceiro e vice-versa. Em uma situação tão íntima, é importante que vocês se sintam completamente à vontade um com o outro.

 É tudo uma questão de relaxamento

Para que você possa desfrutar do sexo anal sem dor, é importante que você esteja relaxado e não tenha cãibras. Portanto, ajuste sua mente à sua aventura sexual e só se envolva se tiver certeza de que realmente a deseja.

Você quer experimentar essa fantasia? Em seguida, feche os olhos e ouça um conto apropriado.

Se você não tem certeza se este tipo de sexo combina com você, você pode primeiro deixar algumas carícias anais fluírem em seu ato sexual ou simplesmente inserir um de seus dedos cuidadosamente no ânus. Certifique-se de que tem as unhas cortadas e de que lavou as mãos com antecedência para evitar lesões e infecções.

Dica: aliás, até um pequeno gole de álcool antes do sexo anal pode ajudá- lo a relaxar. Mas tenha cuidado: não exagere muito fundo no copo, pois o álcool também pode reduzir sua sensibilidade à dor. E como a dor geralmente indica que algo está errado, ela definitivamente não deve ser anestesiada.

Dicas para sexo anal sem dor

Lubrificante

Se você pratica sexo anal, deve sempre ter em mente: Ao contrário da vagina, nenhuma secreção é produzida no intestino que facilite a penetração. Portanto, você tem que se ajudar e usar um lubrificante adequado. Se você usa preservativo para prevenir relações anais, o produto deve ser combinado com o preservativo.

Os géis lubrificantes anais especiais são particularmente espessos e, portanto, garantem uma lubrificação de longa duração, o que é particularmente importante para o sexo anal. Além disso, alguns lubrificantes têm um efeito ligeiramente entorpecente para reduzir a possível dor durante o sexo.

Spray anal 

Os sprays anais têm como objetivo garantir que o ânus fique relaxado e minimamente entorpecido durante o sexo anal, a fim de prevenir a dor durante a penetração. O spray também tem efeito semelhante ao gel lubrificante, o que deve facilitar ainda mais a penetração do pênis nas nádegas.

 Alongamento e massagem durante as preliminares

O esfíncter do ânus é um músculo em forma de anel. Muitas mulheres acham o sexo anal muito mais agradável se o parceiro o acariciar previamente com a língua ou massagear com o dedo e assim esticá- lo um pouco antes .

Brinquedos sexuais especiais, os chamados plugues anal, também podem ser usados, e podem sem comprados em qualuqer sexshop. Para iniciantes, é aconselhável usar primeiro um plugue pequeno e, posteriormente, substituí-lo por um maior, se necessário.

Dê ao seu esfíncter um pouco de tempo para se acostumar com seus dedos ou brinquedos sexuais e lenta mas seguramente para se alongar. Só então seu parceiro deve tentar penetrar suavemente em suas nádegas.

Praticar sexo anal sem dor

Agora que você implementou as dicas anteriores, pode começar sua aventura de sexo anal. É muito importante que seu parceiro penetre em você muito lenta e cuidadosamente . A melhor coisa a fazer é inserir inicialmente a glande e pausar por um momento até se acostumar.

Se ele estimular o clitóris  ou os seios com as mãos nesse ínterim, o esfíncter geralmente relaxa automaticamente depois de um tempo.

Sexo anal: dicas para iniciantes

Na primeira vez, é especialmente importante que seu parceiro não penetre muito profundamente ou se mova muito rapidamente, pois o ânus é muito sensível. Para ter tudo sob controle durante o sexo anal. Uma posição como a equestre, em que você determina o ritmo e a intensidade, é a melhor.

E há uma coisa que você deve sempre ter em mente: nem todo dia é um bom dia para sexo anal. Se você simplesmente não consegue relaxar, tente novamente outro dia.

Como você pode evitar “acidentes marrons”

O ânus é projetado principalmente para excreções, razão pela qual existe o risco de desagradáveis ​​”acidentes marrons” ao jogar jogos anais. Mas existem algumas dicas que você pode usar para reduzir esse risco:

  • Usando o banheiro antes do sexo;
  • Nos dias anteriores, coloque alimentos leves com muita fibra, pois isso favorece a digestão e esvaziar o intestino;
  • Use um preservativo . Isso evita que quaisquer resíduos fecais cheguem ao pênis do homem e também protege contra doenças sexualmente transmissíveis, como HIV ou sífilis. Lembre-se: durante o sexo anal, o risco de transmissão de patógenos é particularmente alto, pois o dano ao tecido é particularmente fácil;
  • Nunca mude o orifício, porque quando você muda da relação sexual anal para a vaginal, bactérias e germes do intestino podem entrar na vagina. 

Comentários desativados em Dicas para sexo anal sem dor

Filed under Dicas, Namoro

Como estudar para prova de Geografia

As provas de geografia podem ser difíceis de estudar, especialmente porque exigem habilidades de memorização. Mapas e cidades que podem ser difíceis de visualizar. Existem muitos termos especializados que podem ficar confusos e confusos na sua cabeça, especialmente se geografia não for o seu melhor assunto. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas para estudar melhor geografia para o enem

Descubra a hora e o formato da prova

A primeira coisa a fazer é obter todas as informações possíveis sobre a prova para se preparar da melhor forma. 

Certifique-se de saber quando será, para saber quanto tempo você tem e ter tempo para planejar seus estudos. Se possível, descubra se é baseado em questões dissertativas, questões de múltipla escolha, uma mistura ou outra coisa.

Reserve um tempo em sua agenda para estudar

Antes de começar, é útil pensar no futuro e reservar um tempo para estudar. Limpe pontos regulares em seu diário que você possa usar como tempo para se preparar para a prova. 

Você pode achar útil estudar no mesmo horário todas as noites se você gosta de uma rotina muito rígida, mas um pouco de variedade pode ser útil para separá-la, então tente manter alguma flexibilidade.

Encontre um bom lugar para estudar 

É bom ter um local tranquilo e isolado para evitar ser distraído ou interrompido quando estiver estudando. Este pode ser o seu quarto, a biblioteca ou qualquer outro lugar. 

É uma boa ideia estudar em um lugar que você reservou estritamente para estudar e não um lugar que você usa para outras coisas, como assistir TV ou comer.

Organize suas anotações de aula 

Examine todas as suas anotações geográficas e tente organizá-las por tópicos em áreas específicas para que sejam fáceis de ler e estejam em boa ordem. 

Ao fazer isso, você também será capaz de identificar facilmente se há lacunas de aulas perdidas sobre as quais precisa fazer anotações. Certifique-se de ter todas as informações necessárias para estudar antes de começar.

Analise o que você precisa rever 

Depois de organizar suas anotações de aula, você deve ter um bom esboço de quanto material precisa revisar para as provas. 

A simples leitura de suas anotações lhe dará uma ideia de quais elementos você se sente mais confiante e em quais deles você precisa se concentrar mais tempo. Depois de fazer isso, você pode escrever uma lista de verificação de revisão.

Identifique o que precisa priorizar 

Com sua lista de verificação das áreas que você precisa cobrir, é uma boa ideia examinar isso e tentar priorizar as coisas que você acha que exigirão mais estudo. Destaque os fatos que você já conhece e concentre-se nos que não conhece.

Elabore um cronograma de estudos 

Depois de organizar o que você precisa estudar e ver quanto tempo você tem até a prova, você pode fazer seu cronograma de estudos. Ponha coisas como escola e trabalho que você sabe que fará em certos horários e veja quanto tempo resta. Divida o tempo que você identificou para estudar em intervalos de meia hora.

É bom fazer uma breve pausa após meia hora ou vinte minutos, para manter a mente renovada e a concentração elevada.

Limite o tempo que você passa todas as noites estudando. Certifique-se de reservar espaço para outros projetos e atribuições, bem como outras atividades.

Divida seus tópicos de estudos 

Agora você tem seus intervalos de tempo de estudo e a lista de verificação do material que deseja aprender e precisa reunir os dois. 

Divida os tópicos principais naquilo que você acha que pode cobrir em trinta minutos e anote-os em sua programação. Cada pessoa terá suas próprias preferências, mas você pode, por exemplo, tentar trinta minutos em rios, trinta em clima, trinta em rochas e geologia e assim por diante.

Conclusão

Com essas dicas, estudar Geografia se tornará mais fácil e produtivo, ainda mais se você tem dificuldade nessa matéria ou até mesmo se não sabe por onde começar a estudar.

São dicas simples que vão fazer você conseguir seu objetivo final que é ter uma boa nota no Enem e conseguir uma vaga em uma boa faculdade.

Espero que essas dicas ajudem você a estudar. Agora me falem qual você se identificou? 

Ficou com dúvidas ou tem novas sugestões de temas? Deixe nos comentários que vamos te responder. 

Comentários desativados em Como estudar para prova de Geografia

Filed under Dicas

Peeling de pé – três receitas faça você mesmo

Tchau, calos! Com um peeling de pé transformamos saltos secos em solas macias em nenhum momento. Aqui estão três receitas do-it-yourself.

Nossos pés nos sustentam pela vida – cerca de 130.000 quilómetros. Além disso, os seus calçados como sapatenis masculino muito apertados podem causar diversos problemas. Quem ainda está se perguntando sobre calosidades e calosidades em seus calcanhares? É por isso que devemos tratá-los com uma dose extra de cuidado. 

Porque quando seus pés estão bem, não é apenas mais fácil andar por eles na vida, mas também pode esperar solas macias. Como você faz isso? De preferência com um peeling de pé. 

Você não precisa necessariamente ir a um profissional de cuidados com os pés para isso. Aqui um  passo a passo como você pode fazer um peeling  – sem fragrâncias sintéticas, cores e conservantes e sem  microplásticos. para pés bem tratados !

1. Peeling de pé com mel e açúcar

Efeito: Desinfetante, cura as áreas rachadas dos pés e auxilia no ressecamento da pele.

Ingredientes:

  • 1 Colher de sopa de açúcar
  • 3 Colheres de sopa de mel

É assim que se faz:

  1. Misture o açúcar com o mel.
  2. Esfolie os pés com a mistura de mel e açúcar.
  3. Enxágue bem.

2. Peeling de pé com sal marinho

Efeito: remove as células mortas da pele, fornece à pele seca minerais valiosos, vitaminas B e E, bem como óleos nutritivos.

Ingredientes:

  • 1/4 de abacate maduro
  • 1 Colher de sopa de sal marinho
  • 1 Colher de chá de suco de limão

Já agora: O sal marinho também pode ser trocado por sal de mesa.

É assim que se faz:

  1. Amasse o abacate com um garfo.
  2. Misture a textura com os demais ingredientes e massageie os pés com ela.
  3. Em seguida, lave bem.

3. Peeling de pé com borra de café

Efeito: Com o pó de café você pode remover peles mortas e calosidades . O azeite torna as áreas secas novamente flexíveis.

Ingredientes:

  • 1 Colher de sopa de pó de café
  • 3 Colheres de sopa de azeite

É assim que se faz:

  1. Misture os ingredientes.
  2. Aplicar o esfoliante para os pés e massagear.
  3. Enxaguar abundantemente com água.

Dicas para usar esfoliante para os pés

Trate seus pés com um relaxante banho de pés antes (ou depois do peeling) . Isso torna a pele bonita e macia, os calosidades podem ser removidos mais facilmente e as substâncias de cuidado podem ser melhor absorvidas posteriormente. 15 minutos a um máximo de 38 graus são o ideal. 

Os aditivos de banho com mentol ou murta-limão também têm um efeito revigorante e reduzem o inchaço dos pés e tornozelos. Em seguida, seque bem – também entre os dedos dos pés!

O peeling dos pés deve ser feito à temperatura do corpo – esta é a melhor forma de distribuí-lo na pele. Além disso, os pés recebem uma massagem de reflexologia podal ao mesmo tempo.

Por fim, mime os pés com um creme rico ou uma máscara para os pés . Para cuidado e proteção, os produtos hidratantes e reabastecedores de lipídios (por exemplo, com ureia ou óleo de jojoba) são os melhores. Para um efeito de cuidado especial: calce as meias e vá para a cama.

Comentários desativados em Peeling de pé – três receitas faça você mesmo

Filed under Dicas

Como funciona a nebulização para sinusite?

A sinusite é um problema de saúde de alta frequência na população brasileira, estima-se que, pelo menos, uma em cada cinco pessoas sofram com essa doença respiratória.

Para combater os sintomas e desconforto ligado à sinusite, um dos tratamentos mais eficientes é a nebulização, que é um método utilizado na administração de medicamentos e remédios sob forma de vapor para inalação, por meio de um aparelho conhecido como nebulizador.

Se você deseja saber mais como funciona a nebulização para sinusite e porque ela é tão eficaz, continue conosco nessa leitura.

O que é sinusite

A Sinusite consiste numa inflamação da mucosa que reveste os seios da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos.

A sinusite pode surgir como uma doença secundária a partir de quadros de infecção, alergias ou devido a fatores que impeçam ou atrapalhem a drenagem de secreção dos seios faciais.

A sinusite pode ser causada por diversos fatores, e ela se apresenta em duas formas dentre eles:

  • por organismos infecciosos, como vírus, fungos e bactérias;
  • Reações alérgicas ocasionados por poeiras, ácaros, odores intensos, mofo, pelo de animais e fumaça de cigarro, por exemplo;
  • Alergias como asma e rinite também podem desencadear quadros de sinusite;
  • Choque térmico, como mudanças bruscas na temperatura ambiente;
  • Desvio do septo nasal e traumas na face, que podem atrapalhar ou obstruir a passagem dos seios nasais;
  • Quadros infecciosos como gripes e resfriados, que inflamam e engrossam as membranas nasais;
  • Vício em cigarro;
  • Alteração de altitude, como mergulhos e viagens aéreas;
  • Entre outras causas.

Como podemos ver, muitos são os fatores que podem desencadear uma sinusite e ela pode se apresentar em duas formas

1. Aguda: Aparece de repente e geralmente tem curta duração, alguns dias ou no máximo 12 semanas, e pode melhorar mesmo sem necessidade de consultas ou tratamentos médicos.

2. Crônica: Nesta forma, a infecção se apresenta de forma mais grave, com duração maior que 12 semanas, ou retorna com muita frequência.

Principais sintomas

Os sintomas da sinusite podem variar bastante dependendo do que a causa.A sinusite crônica e a aguda possuem sintomas semelhantes, lembrando que o que diferencia uma da outra é a duração do quadro inflamatório. Veja os principais sintomas da sinusite:

  • Dores de cabeça;
  • Pressão ou dor na face;
  • Congestão nasal;
  • Dificuldade para respirar;
  • Náusea;
  • Cansaço e irritação;
  • Inflamação na garganta;
  • Tosse;
  • Dor no ouvido;
  • Perda do olfato;
  • Mau hálito.

Tratamento para sinusite

O foco do tratamento feito para sinusite é a melhora dos sintomas e a diminuição da inflamação, é sempre bom lembrar da necessidade de buscar um médico, principalmente em casos de recorrência da inflamação e duração prolongada.

O tratamento para a sinusite pode variar dependendo de cada caso e também das causas, se ela for causada por bactérias, por exemplo, o médico poderá receitar antibióticos. No entanto, existem formas simples, mas muito eficazes de aliviar os sintomas, como:

  • Uso de soro fisiológico ou uma mistura de água morna com sal, para a lavagem nasal;
  • Uso de medicamentos, remédios sprays que auxiliam no descongestionamento das cavidades nasais;
  • Nebulização e inalação com vapor quente

A eficácia da nebulização

Daremos destaque à nebulização por ser um dos métodos mais eficazes no combate à sinusite.

Como foi dito no início deste texto, a nebulização é um método para a transformação de líquidos em vapor, que serão inalados pelo nariz ou pela boca, por meio de um aparelho chamado nebulizador, que pode ser hospitalar ou doméstico.

A solução presente no nebulizador pode ser soro fisiológico, algum medicamento sob prescrição médica, ou chás de ervas.

O processo de nebulização auxilia:

  • Na limpeza das vias aéreas; 
  • Para tornar as secreções mais fluidas, facilitando na hora de serem expelidas; 
  • Aliviar a tosse, a falta de ar e a congestão nasal.

A utilização do nebulizador é simples, e para que a nebulização cumpra sua função, basta adicionar a solução desejada ou prescrita pelo médico no local apropriado, aproximar a máscara sobre o nariz e a boca e respirar normalmente o vapor que ela libera.

Não existe contra indicação para a realização da nebulização, podendo ser utilizada tanto por crianças, adultos e idosos

Os tipos de nebulização

Existem várias formas de fazer nebulização e para que ela seja eficaz é necessário que ela seja realizada de 2 a 3 vezes por dia, com duração de pelo menos 15 minutos.

  • É muito comum a nebulização feita no chuveiro, respirando o vapor quente que ele libera; 
  • Com uso de ervas como camomila e eucalipto, onde se prepara o chá, colocando-o em um recipiente e inalando o vapor; 
  • O uso de soro fisiológico, solução que não possui contraindicação;
  • Nebulização com utilização de medicamentos, onde o medicamento recomendado pelo médico é diluído e colocado no nebulizador. O profissional irá orientar sobre a dose e a frequência do uso.

Dependendo de suas necessidades, é uma boa opção adquirir um aparelho nebulizador para te ajudar a aliviar os sintomas da sinusite e trazer mais conforto e bem-estar no seu dia a dia. 

Existem muitos modelos de nebulizadores no mercado, então sempre dê preferência a produtos de qualidade e que tragam segurança. 

Comentários desativados em Como funciona a nebulização para sinusite?

Filed under Dicas

Moda Inverno: Principais tendências no Brasil em 2021

Todos sabemos que o Brasil é mundialmente conhecido por ser um país tropical, onde o clima de verão é muito favorecido e conhecido por todos que habitam aqui.

Mas engana-se quem pensa que no Brasil não faz frio, ainda mais nas estações do ano do outono e do inverno. 

Por ser um país com um território muito extenso, algumas regiões realmente são bem favorecidas com climas mais quentes em grande parte do ano. 

Mas, algumas outras regiões que ficam mais ao Sul do país já possuem ondas de frio que costumam ser muito intensas e até mesmo comuns para os seus moradores.

No artigo de hoje, pensando nessas variáveis, iremos trazer uma análise dos tipos de roupas e calçados que devem ser adquiridos e utilizados no inverno brasileiro. 

Isso para que você tenha em mãos uma ideia das peças certas e coringas para essa estação mais gelada, sem a necessidade de adquirir muitas opções que podem nunca ser usadas.

Quais os tipos de roupas são usados no inverno no Brasil?

Algumas peças são consideradas coringas para toda brasileira ter em seu guarda-roupas e muito usadas no inverno aqui do Brasil, podemos citar como algumas delas:

  • Trench coat: um modelo de casaco elegante e perfeito para a composição de um look em um dia mais gelado;
  • Jaqueta de couro: se você ainda não possui uma, está na hora de ir às compras sem demora, uma jaqueta de couro preta é uma peça essencial em qualquer guarda-roupa;
  • Coletes e Casacos de pelo: eles voltaram a ser os queridinhos da moda de inverno, se você ainda não os possui, hora de arrumar um de cada para compor seu guarda-roupas com essas peças incrivelmente charmosas;
  • Suéter: uma peça versátil e muito coringa, recomendamos que você tenha disponível um suéter de cada cor em seu guarda-roupas (você não vai se arrepender);
  • Calça de couro: peça perfeita para as amantes de um estilo mais ousado e de marcar presença, a calça de couro é uma ótima opção de peça para ser usada durante o inverno.

Quais os tipos de calçados são usados no inverno?

Os tipos mais comuns de calçados utilizados no inverno pelas brasileiras são as botas, que estão disponíveis em diversos tipos de modelos e tamanhos, como as de cano médio, curto ou longo, mais sofisticadas ou mais informais. 

Para você que ama uma bota perfeita, indicamos que você dê uma olhada na loja de calçados, onde você poderá encontrar o modelo de bota ideal para a sua necessidade do dia a dia ou para aquela ocasião especial que requer uma bota poderosa. 

Outras opções de calçados para o inverno são também: as sapatilhas (desde as mais simples, como também as com pulseiras para segurar o pé), sandálias com o salto quadrado (modelos mais fechados), mocassins e diversas opções de tênis (o tênis na cor branco é certamente a cara do inverno).

Podemos acrescentar por aqui também o uso de uma fofa e quentinha pantufa para as noites em casa, não é mesmo? 

Quais os tipos de casacos podem ser usados no inverno?

Os casacos que podem, e devem ser usados, no inverno aqui no Brasil são ilimitados em opções de cores e modelos, basta a pessoa que for usá-lo escolher o que melhor lhe agradar e combinar com seu estilo e suas demais roupas.

Os tipos de casados mais utilizados são as opções de blazer, terninhos, cardigan, tricô, parka, suéter, casaco doudoune (de gominhos), casaco tweed e o famoso trench coat (casaco mais longo e despojado).

Principais tendências do inverno no Brasil em 2021:

Inverno na Região Sul

A região Sul costuma ser a mais gelada aqui no Brasil, então indicamos para quem irá viajar ou mora nessa região sempre possuir uma boa variedade de peças mais pesadas para o inverno, isso para garantir um look quentinho nos vários dias gelados que acometem a região.

Inverno na Região Norte

A região Norte é mais próxima da linha do Equador, então costuma ser bem mais quente e com poucos dias mais gelados, nessa região é recomendável que a pessoa possua peças coringas para os dias que possam ser um pouco mais gelados (mas nada muito pesado e exagerado).

No caso de viagens para os demais estados, possuir em seu guarda-roupa um bom casaco, algumas opções de blusas e uma ou mais modelos de diferentes botas certamente darão conta do recado. 

Inverno na Região Leste

A região Leste costuma contar com bons dias gelados e de chuva, por isso a importância dos seus moradores possuírem um guarda-roupa bem versátil e preparado com peças chaves para os dias gelados, como botas, casacos e blusas bem quentes.

Como se diz um famoso ditado, é uma região onde o seu morador deve sempre sair de casa de manhã com um casaco no braço, para se prevenir das alterações de temperatura, que são muito frequentes.

Inverno na Região Oeste

É uma região mais quente em grande parte do ano, por isso optar por peças de roupas certas para os dias mais frios é a melhor opção (sempre pensando no caso de viajar para áreas mais geladas também).

Possuir peças de qualidade e durabilidade no guarda roupa é a escolha ideal para quem mora na região Oeste do Brasil.

Posso usar vestido no inverno?

Muitas mulheres têm a dúvida se podem ou não usar vestido no inverno, e nossa resposta é: com certeza podem sim! O importante mesmo é que você se sinta confortável e linda!

Um vestido mais quentinho com uma bota mais longa e meia calça são garantia de um look muito chique e sofisticado para um sábado à noite. 

Se a composição for para o dia, basta optar por uma bota de cano médio ou baixo, assim o look ficará mais informal. Uma dica que damos também é que você acrescente um gorrinho e um cachecol para deixar o look ainda mais charmoso e quentinho. 

Conclusão 

De última dica deixamos aqui a seguinte afirmação: o importante é você se sentir bem e linda com a roupa que estiver vestindo, isso independente da estação do ano ou da ocasião.

Um look realmente lindo, é o que contém uma mulher linda e confiante vestindo ele!

Comentários desativados em Moda Inverno: Principais tendências no Brasil em 2021

Filed under Dicas, tendências

Saiba como identificar fake news e evite ser enganado na internet

De uns tempos para cá, notícias falsas começaram a surgir com maior frequência no mundo e, por isso, muitas pessoas passaram a ser enganadas por confiar fielmente no jornalismo, em portais de notícias online e até mesmo em amigos e familiares que compartilham determinadas notícias. 

Com o lema de que ‘se está na internet é verdade’, a população brasileira abriu mão de verificar a fonte e se certificar de que aquela informação é verídica antes de contar para terceiros ou formar opinião sobre o assunto. Dessa forma, nesse texto, você irá descobrir como pode identificar se está diante de uma fake news ou não.

01. Vá além da manchete

Especialmente dentro de redes sociais como o Facebook ou Whatsapp, que são espaços onde as pessoas querem consumir pílulas de conteúdos de maneira rápida, os internautas adquiriram o costume de ler somente o título (manchete) de uma notícia. 

O que é extremamente perigoso, pois por não abrir o conteúdo, o leitor não tem acesso a:

  • Data da publicação e dos fatos – Há muitos casos onde informações antigas, de 1 ou 2 anos atrás, são compartilhadas como novas. Em 2018, por exemplo, houve uma notícia com a seguinte manchete: “Depois da eliminação do Brasil, Dunga é o novo técnico da seleção” que foi disseminada nas redes sociais e causou grande indignação, porém, o que os internautas não perceberam é que essa notícia era de 2014, ou seja, muito antiga;
  • Informações complementares – Com o avanço da tecnologia, o clickbait começou a se tornar uma técnica bastante comum entre os redatores e jornalistas. Um dos grandes exemplos dessa técnica que pode gerar mal entendidos, foi a notícia sobre a suposta morte de um dos grandes cantores brasileiros: “Luto na música: perda de Roberto Carlos perto do Natal comove o Brasil”. Muitos foram os que acreditaram que o rei Roberto estivesse falecido, isso porque, não abriram a matéria e, consequentemente, não interpretaram o contexto da informação;

Logo, o conselho é: leia mais do que títulos e manchetes, quando você se limita somente aos primeiros caracteres, você tem uma quantidade muito pequena de conhecimento sobre um determinado fato, por isso, pode facilmente estar acreditando em uma mentira.

02. Aguarde informações de fontes seguras

Com o avanço da tecnologia, aumentaram as chances de notícias falsas. Primeiro, porque qualquer pessoa pode assumir o poder de disseminar informações, sem critérios de apuração ou conhecimento suficiente para isso – especialmente por conta das redes sociais e facilidade de se criar um blog.

Segundo, porque como a sociedade busca por notícias rápidas, os principais portais de notícias do mundo e emissoras não querem perder o furo noticiário, não querem perder a oportunidade de trazer uma informação em ‘primeira mão’ e isso faz com que nem sempre as informações sejam tão precisas quanto deveria.

Por isso, quando você recebe uma notícia ou se depara com uma informação que lhe ‘cresce os olhos’, aguarde que fontes confiáveis e grandes veículos jornalísticos divulguem mais detalhes. Isso pode demorar uma quantidade significativa de horas, mas isso fará com que você tenha maior certeza do que realmente está acontecendo no Brasil ou mundo.

03. Recorra a recursos de checagem de notícias

Depois de tantas fake news espalhadas, foram desenvolvidos vários sistemas e softwares de checagem de notícias, para que todos possam ter acesso à informação de qualidade e segura.

Um deles é do próprio Ministério da Saúde, dentro do portal deles, você consegue pesquisar e descobrir se uma notícia é falsa ou não. Caso não tenha dentro do acervo deles, você pode mandar mensagem no WhatsApp de atendimento, para se certificar da veracidade. O número de contato é (61)99289-4640, ele não funcionará como um SAC, mas sim como uma maneira da população ter maior precisão dos fatos que lê e escuta por aí.

Outra alternativa de checagem criada foi a Agência Lupa, uma vertente do portal UOL. A Agência é a primeira que realiza um trabalho de fact-checking no Brasil, uma vez que verificam e compartilham os resultados que comprovam ou desmentem uma determinada informação.

O próprio portal G1, que faz parte do Grupo Rede Globo, também presta esse serviço para a sociedade com o ‘Fato ou Fake’, onde listam notícias que estão sendo disseminadas nas redes sociais que são falsas, para que as pessoas não caiam em golpes ou ajam de forma errônea por falta de informação. 

Essas são apenas 03 das principais técnicas que você pode utilizar para não ser enganado(a) ou cair em fake news, se posto em prática, poderão te auxiliar muito. 

Se esse conteúdo foi bastante rico de informações para você, ele também pode ser útil para seus amigos e familiares. Logo, se você leu até aqui e aprendeu algo de proveitoso, compartilhe pelo Whatsapp em seus principais grupos para que todos aqueles que você conheça também possam ter acesso a tais conhecimentos e dicas. Clique aqui e compartilhe com todos eles!

Comentários desativados em Saiba como identificar fake news e evite ser enganado na internet

Filed under Dicas

Fatos sobre energia solar

O consumo de fontes não renováveis como petróleo, gás e carvão está aumentando a uma taxa alarmante. Finalmente chegou a hora de cuidar de outras fontes renováveis ​​de energia, como energia solar, eólica e geotérmica . Embora muitos países tenham começado a utilizar extensivamente a energia solar, eles ainda precisam percorrer um longo caminho para explorar essa energia para atender sua demanda diária de energia. Aqui estão alguns fatos sobre energia solar que podem ajudá-lo a avaliar o potencial da energia solar para atender aos requisitos globais.

O que é energia solar?

Energia solar refere-se à energia do sol. O sol produz energia há bilhões de anos. É a fonte mais importante de energia para as formas de vida. É uma fonte renovável de energia, diferente de fontes não renováveis, como combustíveis fósseis . As tecnologias de energia solar usam a energia do sol para iluminar residências, produzir água quente, aquecer residências, conforme mostrado nas análises de aquecedores solares sem tanque de água  e eletricidade.

O principal benefício da energia solar é que ela não produz poluentes e é uma das fontes de energia mais limpas. É uma fonte de energia renovável, requer pouca manutenção e é fácil de instalar. A única limitação que a energia solar possui é que ela não pode ser usada à noite e a quantidade de luz solar recebida na Terra depende da localização, hora do dia, época do ano e condições climáticas.

Abaixo estão 20 fatos sobre energia solar

Fato 1: A energia solar é uma fonte de energia completamente livre e é encontrada em abundância. Embora o sol esteja a 150 milhões de quilômetros da Terra, leva menos de 10 minutos para que a luz viaje a essa distância.

Fato 2: A energia solar, que compreende o calor radiante e a luz do sol, pode ser aproveitada com algumas tecnologias modernas, como fotovoltaica, aquecimento solar, fotossíntese artificial, arquitetura solar e eletricidade solar térmica.

Fato 3: A tecnologia solar pode ser diferenciada em ativa e passiva. Painéis fotovoltaicos e coletores solares térmicos que aproveitam a energia solar são exemplos de tecnologia solar ativa. A tecnologia passiva inclui a construção de salas para melhorar a circulação do ar, orientando o espaço para o uso favorável da luz solar.

Fato 4: A Terra recebe 174 Petawatts de radiação solar recebida na atmosfera superior. Cerca de 30% são refletidos de volta ao espaço e o restante é absorvido pelos oceanos, nuvens e massas terrestres.

Fato 5: O ciclo da água é um resultado importante do isolamento solar. A terra, os oceanos e a atmosfera absorvem a radiação solar e sua temperatura aumenta. O ar quente sobe dos oceanos, causando convecção. Quando esse ar se eleva a grandes altitudes, as nuvens são criadas pela condensação do vapor de água. Essas nuvens causam chuvas que trazem água de volta à superfície da Terra, completando o ciclo da água.

Fato 6: A energia solar também tem outro uso. Por meio da fotossíntese, a energia solar é convertida pelas plantas verdes em energia química, que cria a biomassa que compõe os combustíveis fósseis.

Fato 7: A horticultura e a agricultura buscam aproveitar ao máximo a energia solar. Isso inclui técnicas como o tempo dos ciclos de plantio e a mistura de variedades de plantas. As estufas também são usadas para converter luz em calor e promover o cultivo de culturas especiais durante todo o ano.

Fato 8: Os sistemas de água quente movidos a energia solar utilizam energia solar para aquecer a água. Em certas áreas, 60 a 70% da água usada no mercado interno para temperaturas de até 60 graus Celsius podem ser disponibilizadas por aquecimento solar.

Fato 9: As chaminés solares são sistemas de ventilação solar passiva. Os eixos conectam o interior e o exterior do edifício. O funcionamento pode ser melhorado envidraçando e usando materiais de massa térmica.

Fato 10: A energia solar também pode ser usada para produzir água potável, salobra ou salina. Sem usar eletricidade ou produtos químicos, as águas residuais podem ser tratadas. Criar sal a partir da água do mar também é um dos usos mais antigos da energia solar.

Fato 11: As roupas podem ser secas ao sol usando varais, prateleiras de pano etc.

Fato 12: Os alimentos podem ser cozidos, secos ou pasteurizados usando energia solar.

Fato 13: A energia solar é o uso mais emocionante da energia solar. É assim que a energia solar é convertida em eletricidade usando energia fotovoltaica (método direto) ou energia solar concentrada (indireta). Grandes feixes de luz solar são focados em um pequeno feixe usando espelhos ou lentes no caso de energia solar concentrada. O efeito fotoelétrico é usado pelo Foto voltaico para converter energia solar em energia elétrica.

Fato 14: Os processos químicos solares substituem os combustíveis fósseis como fonte de energia química e podem tornar a energia solar armazenável e transportável. A fotossíntese pode criar uma variedade de combustíveis. A tecnologia para a produção de hidrogênio é uma área importante da pesquisa química solar.

Fato 15: Os sistemas de armazenamento térmico podem armazenar energia solar na forma de calor usando materiais comuns com alto calor específico, como pedra, terra e água. A energia solar também pode ser armazenada em sais fundidos.

Fato 16: A crise do petróleo de 1970 revelou a natureza delicada dos combustíveis fósseis como fonte de energia para o mundo. Como tal, em pesquisas alternativas, a tecnologia de energia renovável, como a energia solar e eólica, ganhou força.

Fato 17: A energia solar está sendo reconhecida como o futuro de fontes alternativas de energia, pois não é poluente e ajuda a combater o efeito estufa no clima global criado pelo uso de combustíveis fósseis.

Fato 18: O uso doméstico comum de energia solar é proveniente de painéis solares que absorvem energia solar para cozinhar e aquecer água.

Fato 19: A energia solar não produz poluição, não tem efeitos ambientais e é ecologicamente aceitável.

Fato 20: A energia solar é uma das fontes renováveis ​​de energia mais amplamente usadas. Pode-se usar tecnologias de energia renovável para converter energia solar em eletricidade.

Comentários desativados em Fatos sobre energia solar

Filed under Dicas

Qual a melhor posição na hora do sexo?

Qual a melhor posição na hora do sexo? Essa é uma dúvida muito comum, principalmente, quando se trata de oferecer um prazer intenso que faça a mulher a gozar. Para os homens atingir o clímax é simples, mas para elas chegar lá é mais complicado. No entanto, existem algumas maneiras de facilitar o orgasmo para as mulheres e deixá-las satisfeitas na cama. Você deseja saber como? Confira aqui neste artigo.

Posições para fazer a mulher gozar

Para fazer uma mulher gozar é essencial prepará-la e acertar na posição sexual. Mas como fazer isso? É preciso realizar as posições sexuais que estimulam o clitóris e ponto G da mulher. Conheça as 5 posições que ajudam a mulher gozar:

Papai e mamãe avançado

O ideal é começar com o papai e mãe simples, depois de alguns minutos, avance o seu corpo movendo a pelve um pouco para cima, isso vai ajudá-lo a mudar o movimento, ou seja, ao invés de ficar no movimento “entra e sai”, você deverá friccionar e se esfregar.

Mudando o jeito de realizar essa posição utilizando a fricção, promove o contato do clitóris com o seu osso púbico, estimulando o local e promovendo o orgasmo na mulher. Você pode realizar algumas variações para deixar o sexo mais intenso, como adicionar um travesseiro embaixo do quadril dela para aumentar a amplitude, além de aplicar lubrificante no clitóris para ter uma sensação mais escorregadia durante o contato com a pele.

Cavalgada

Essa posição é clássica e uma das mais eficientes, praticamente toda mulher já praticou. Mas o que muitas não sabem é que há um segredo que faz toda a diferença e ajuda a atingir o orgasmo intenso. Como fazer isso? Ao invés de ficar subindo e descendo, o ideal é realizar o movimento para frente e depois para trás no ritmo em que a excita ainda mais, deixando o corpo colado com o do parceiro, movimento conhecido como fricção.

A posição é eficiente porque a mulher consegue controlar o sexo para aumentar o prazer, realizando as variações que ajudam a atingir o orgasmo, como exemplo, o ângulo adequado, profundidade em que é realizada a penetração e o ritmo. Para intensificar o prazer, o homem pode deitar com um travesseiro nas costas para mudar o ângulo e fazer com a penetração seja mais intensa.

Posição Mastro

Essa posição sexual tem um nome diferenciado, assim como sua execução, a qual é um pouco difícil, mas o esforço vale à pena. O homem deve ficar deitado com as pernas dobradas, a mulher senta em seu parceiro ajoelhada e de costas para ele, enlaçando uma de suas pernas.

Nessa posição a mulher deve realizar movimentos de fricção para frente e para trás. Através desse movimento de fricção, a mulher controla melhor o ritmo que a deixa satisfeita e a quantidade de pressão em seu clitóris. Além disso, por se tratar de uma posição ousada, ajuda a estimular o psicológico e aumentar o prazer.

Posição de 4 apoios

A posição de 4 apoios é uma das mais conhecidas, na qual a mulher se posiciona apoiando os cotovelos e joelhos, e o homem fica por trás. Nesse caso a penetração é mais profunda e a mulher consegue atingir o orgasmo mesmo sem estimular o clitóris, devido a fatores psicológicos (posição mais ousada) e ao estimular o ponto G. No entanto, dependendo do ângulo, há a opção de estimular o clitóris ao mesmo tempo em que penetração é realizada. Para controlar melhor e intensificar o orgasmo, a mulher pode deitar a barriga por completo na cama, deixando apenas o quadril elevado.

Posição da ponte

A posição da ponte é a favorita de muitas mulheres, pois ao realizá-la a penetração é mais profunda e estimular o ponto G, já que o ângulo é perfeito para isso. Além disso, o clitóris fica bem visível e pode ser estimulado para intensificar o prazer. Basta começar o sexo na posição papai e mamãe, depois o homem deve se ajoelhar e inclinar as costas de sua parceira, formando uma ponte, depois segure firme na cintura dela. Podem ser realizadas variações onde a mulher realiza movimentos para cima e para baixo, até encontrar o que a faça gozar, ou o homem pode realizar movimentos circulares, vai e vêm, entre outros, além de colocar a perna dela em seus ombros.

Comentários desativados em Qual a melhor posição na hora do sexo?

Filed under Dicas

Tecnologia usada em um restaurante

É um momento emocionante para possuir um restaurante.

Sim, a concorrência é acirrada , mas a indústria está cheia de profissionais apaixonados, fazendo com que os clientes voem para novos restaurantes em grande número.
Para se destacar da multidão de outros restaurantes, você precisará oferecer boa comida, serviço impecável e eficiência imbatível. Hoje em dia, todos os três podem ser alcançados com hardware de restaurante e tecnologia moderna.

Falando em eficiência, a moderna tecnologia de PDV através de terminais  com tela sensível ao toque foi discutida em nome da eficiência. A maioria desses terminais está equipada com um software de restaurante projetado com uma interface intuitiva que permite que novos contratados comecem a receber pedidos imediatamente e sem esforço.

Um processo mais fácil de fazer pedidos agiliza as coisas, o que leva a mais pedidos entrando na cozinha (e mais comida saindo). Alguns terminais ainda contêm um leitor de cartão de crédito conectado, para que os caixas possam deslizar e fazer com que o cliente assine na tela em questão de segundos, sem desperdiçar papel (ou tempo).

Quiosque de Auto-Encomenda
Esse hardware de restaurante está crescendo em popularidade devido à sua facilidade de uso e natureza visual os quais incentivam.
Eu poderia continuar falando sobre os benefícios dos quiosques como eles capacitam os hóspedes do restaurante , como encurtam suas filas, como liberam sua equipe para realizar outras tarefas etc. Mas o principal diferencial dos quiosques é que eles estão vendo aumento da demanda de restaurantes e lanchonetes.

Tablet Servidor de Mão
Imagine se seus servidores poderiam fechar um cheque com uma visita à mesa em vez das quatro necessárias para perguntar a uma parte se estão prontas para a verificação, trazendo o cheque, aceitando o cheque e devolvendo o troco se pagassem em dinheiro.
Os tablets portáteis para restaurantes permitem pedidos e pagamentos à mesa, para que os servidores possam virar a mesa mais rapidamente e os clientes possam esperar menos tempo pela comida e pela fatura. Isso aumenta o número de clientes que você pode atender e o número de pedidos que você pode atender em um determinado turno, sem mencionar a satisfação de seus servidores com mais dicas.

Comentários desativados em Tecnologia usada em um restaurante

Filed under Dicas

Quando custa um seguro automóvel para HB20?

Estamos na última metade do ano e provavelmente você já está pensando em começar a realizar seu planejamento financeiro do próximo ano e isso inclui muitas contas que surgem logo em janeiro. Então, você precisa ter uma noção dos valores dos seus gastos, e o do seguro veicular é algo que não deve ser esquecido, afinal, é um serviço essencial, mas, que pode ter um preço muito variado.

Se você é dono de um Hyundai HB20 e está procurando saber qual o valor do seguro do seu carro, você está no lugar certo. Pensando em você, nós reunimos algumas cotações de diversas seguradoras diferentes e fizemos uma média de acordo com o ano do veículo, para que você tenha uma noção de quanto pagará na contratação desse serviço.

Qual é o preço médio do seguro do HB20?

O seguro veicular do Hyundai HB20 possui um preço médio de R$ 2.800,00, porém, esse preço pode variar bastante, para mais ou para menos, de acordo com o perfil do motorista e do seu veículo.

Separamos para você a média de preços do seguro automóvel HB20 de acordo com o ano de fabricação. Confira abaixo:

Preço médio do seguro HB20 2019

O preço médio do seguro HB20 2019 é de R$ 1.100,00.

Preço médio do seguro HB20 2018

O preço médio do seguro HB20 2018 é de R$ 3.700,00.

Preço médio do seguro HB20 2017

O preço médio do seguro HB20 2017 é de R$ 3.300,00.

Preço médio do seguro HB20 2016

O preço médio do seguro HB20 2016 é de R$ 2.900,00.

Preço médio do seguro HB20 2015

O preço médio do seguro HB20 2015 é de R$ 2.700,00.

Preço médio do seguro HB20 2014

O preço médio do seguro HB20 2014 é de R$ 2.400,00.

Preço médio do seguro HB20 2013

O preço médio do seguro HB20 2013 é de R$ 2.400,00.

Comentários desativados em Quando custa um seguro automóvel para HB20?

Filed under Dicas